GT 07 – DESIGUALDADES, TERRITÓRIOS E RISCOS SOCIAIS

Coordenação: Alba Pinho (RUPAL- UFC), Leila Passos (UFC) e Eliana Costa Guerra (UFRN)

Debatedora: Irma Martins Moroni da Silveira ( LASSOSS-UECE)

O GT aborda as temáticas das desigualdades e das relações sociais de dominação no modo de vida capitalista e as vias de enfrentamento no âmbito da Questão Social brasileira. Interessa-nos adentrar nas expressões de assimetrias e apartações e nos processos de construção e ampliação de cidadania. Buscamos problematizar, por um lado, as atuais expressões da pobreza, do adensamento das vulnerabilidades sócio-econômicas e civis, dos riscos sociais, da violência urbana, no acesso desigual aos direitos; e, por outro, a produção da cidadania, de programas, projetos e políticas sociais (públicas ou privadas) direcionados ao enfrentamento e/ou ao controle das expressões das desigualdades e discriminações. Neste segundo enfoque, direcionamos nosso olhar, em especial, à análise crítica das ações sociais voltadas ao “combate à pobreza/ pobreza extrema”, busca de equidade e inclusão social tão evidenciados nos anos 2000, advindas da sociedade civil ou do Estado em suas configurações contemporâneas.  Serão privilegiados os seguintes eixos temáticos: 1)Capitalismo, dominação e reprodução de desigualdades; 2)Configurações contemporâneas da pobreza, vulnerabilidades e riscos sociais em territórios estigmatizados; 3) Políticas Públicas e o desafio do enfrentamento das desigualdades;

Download em PDF

 

DIA 07/12 – 8h às 10h

Sessão 1: Capitalismo, dominação e reprodução das desigualdades

Coordenação e debate: Alba M. P. de Carvalho (UFC/ RUPAL) e Irma Martins Moroni da Silveira (UECE/LASSOSS)

  • Considerações sobre o trabalho escravo contemporâneo no setor sucroalcooleiro brasileiro  Gabriel Pereira da Silva (CPDA/UFRRJ) e Luciana Carvalho e Souza (CPDA/UFRRJ)
  • Reordenamento das populações rurais tradicionais face à expansão de políticas públicas voltadas para o turismo em Guaramiranga.

Germana Lima de Almeida (UFC)

  • Desigualdades e conflitos sociais: análise do movimento dos trabalhadores rurais em Tauá-CE

José Raulino Chaves Pessoa Júnior (UFC)

  • “Quando os assentados chegaram”: tempo e experiência social no MST

Marcos Paulo Campos  (UFC)

  • Análise sobre vida e trabalho das mulheres da pequena produção rural: perspectivas e possibilidades

Ivna de Oliveira Nunes (UFC)

  • A pobreza rural e a insegurança alimentar, um reflexo da violência praticada contra os agricultores no Brasil

Maria do Socorro Martinho Coelho (UFF)

  • Entre o combate e a convivência com a seca: o fórum cearense pela vida no semiárido e a construção de novas alternativas no sertão do Ceará

Ana Luísa Nobre e Vinícius Limaverde (UFC)

 

DIA 07/12 – 8h às 10h

Sessão 2: Configurações contemporâneas da pobreza, vulnerabilidades e riscos sociais em territórios estigmatizados

Coordenação: Leila Passos (UFC/ LASSOSS e LABVIDA – EUCE) e Eliana Costa Guerra (UFRN)

  • Jana Barroso: acepções do espaço público em um conjunto habitacional de interesse social

Francisca Marcela Andrade Lucena (UFC)

  • Zonas Especiais de Interesse Social ou margens do Estado?

Najla Franco Frattari  (UnB) e Dalva Borges de Souza (UFG)

  • Pobreza, vulnerabilidades e riscos sociais: reflexões acerca da “identidade” dos moradores da Vila Cruzeiro / RJ

Sara da Conceição Alves (PCRJ) e Viviane Pereira da Silva (UFF) 

  • A segregação socioespacial na região da lagoa do Papicu

Camila Santiago Martins Bernardini (UFC)

  • Cidade desigual: um estudo sobre os riscos e os problemas de compartilhar o espaço urbano

Abraão Pustrelo Damião (UNESP)

  • Exclusão social às margens do manguezal do rio Ceará: estudo de caso da comunidade de Iparana – Ceará

A.S. Reis-Neto (UFC), A.J.A. Meireles (UFC) e M. Cunha  (ULB – Lignon  Université Libre de Bruxelles)

 

DIA 08/12 – 8 às 10h

Sessão 1: Capitalismo, dominação e reprodução das desigualdades

Coordenação e debate: Alba M. P. de Carvalho (UFC/ RUPAL), Irma Martins Moroni da Silveira (UECE/LASSOSS) e Leila Passos (UFC/ LASSOSS e LABVIDA – EUCE)

  • Neoliberalismo, globalização e questão social na contemporaneidade

Josiene Karla Alves da Silva (UFF) e Bárbara Rolim (UFF)

  • Engavetamento dos indesejáveis: a biopolítica no espaço urbano de Fortaleza

Francisco Carlos Mourão Neto e Stella Maris Nogueira Pacheco (ESPAF)

  • A crise no mundo do trabalho e as organizações não-governamentais frente aos desafios do enfrentamento das desigualdades sociais na sociedade contemporânea

Fábia Jaqueline Silva Miranda (UFPA)

  • O APARTHEID digital: a racialização do acesso a informática

Claudia Toffano Benevento (UFF)

  • O processo de identificação do indivíduo pós-moderno e o discurso psicanalítico: uma análise crítica

Sarah Arrais Daniel Mendes (UFC) e Maria das Dores Mendes Segundo (UFC)

 

DIA 08/12 – 8 às 10h

Sessão 2: Configurações contemporâneas da pobreza, vulnerabilidades e riscos sociais em territórios estigmatizados

Coordenação: Eliana Costa Guerra (UFRN) e Thiago de Holanda Altamirano (UFC)

  • Os impactos e os desafios da política de enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes em fortaleza a partir do programa PAIR

Thiago de Holanda Altamirano (UFC)

  • A interface da violência no processo de escolha do território da paz do grande Bom Jardim pelo PRONASCI (programa nacional de segurança e cidadania): a mediação comunitária como alternativa pacífica na resolução de conflitos

Leila Joyce Mendes Silvério (UECE)

  • Efeito contextual de bairros e homicídios em Belo Horizonte

Bráulio Figueiredo Alves da Silva (CRISP/UFMG) eClaudio Chaves Beato Filho (CRISP/UFMG)

  • O Enfrentamento Da Violência Urbana No Território

Elca Possidônio Moura (UNIMONTES)

  • Análise preliminar das ocorrências de homicídios na região metropolitana de Maringá, em especial na cidade de Sarandi – Paraná

Fernanda Martins Valotta e Ana Carolina Torrente Pereira

  • Territórios da violência: desigualdades socioespaciais e homicídios no município de Caraguatatuba-SP

Marcos dos Santos Fleire (UNIVAP), Maria Aparecida Chaves Ribeiro Papali (UNIVAP) e Antônio Carlos Machado Guimarães (UNIVAP)

  • Desenvolvimento e privações das liberdades: um olhar interdisciplinar sobre a prevenção da violência doméstica e sexual

Maria da Conceição Dantas Moura (UFRN), João Bosco Araújo da Costa (UFRN) e Renata Mayara Moreira de Lima (UFRN)

  • A mediação como forma de administração de conflitos em uma favela carioca

Irineu Carvalho de Oliveira Soares (UNIVERCIDADE)

 

DIA 09/12 – 8 às 10h

Sessão 1: Políticas Públicas e o desafio do enfrentamento das desigualdades

Coordenação: Eliana Costa Guerra (UFRN)

  • A agenda social da ONU e seu impacto no processo da política pública do brasil no século XXI: uma análise crítica 

Elisabete Cristina Cruvello da Silveira

  • Programa de enfrentamento ao crack no Brasil: PLANO (PARA)NÓIA? 

Andréa Lucia Vasconcellos de Aguiar  (UFRN) e Isabela Bentes Abreu Teixeira (UFRN)

  • Territorialidade e apropriação urbana no projeto consultório de rua: diálogo entre a ecologia social e a psicologia ambiental

Maria Eniana Araújo Gomes Pacheco (UECE)

  • Preconceito de marca e políticas educacionais de ação afirmativa

Márcio Maltarolli Quida (UFF)

  • O proeja como ferramenta de enfrentamento das desigualdades sociais: avanços e desafios 

Magnólia Maria da Rocha Melo (IFRN), Gilcélia Batista de Góis (UERN) e Izilmara Cristina Lopes de Medeiros (IFRN)

  • Educação ou produção, como superar as desigualdades nos cursos técnicos subsequentes diante das políticas brasileiras para a educação profissional?

Naísa Márcia de Oliveira Viana (Projeto MINTER/IFSULDEMINAS/UFF)

  • Políticas públicas de inclusão digital – reflexões sobre a inclusão e exclusão digital no Brasil como estratégia de enfrentamento da violência

Antonio Marcos de Lima (UFF) e Nívia Valença Barros (UFF)

DIA 09/12 – 8 às 10h

Sessão 2: Políticas Públicas e o desafio do enfrentamento das desigualdades

Coordenação e debate: Leila Passos (UFC/ LASSOSS e LABVIDA – EUCE) e Irma Martins Moroni da Silveira (LASSOSS/UECE)

  • Paradoxo do biopoder e da biopolítica: um olhar foucaultiano sobre a gestão estatal da pobreza urbana contemporânea.

Leila Maria Passos de Souza Bezerra (UFC)

  • Olhares juvenis sobre o trabalho: possibilidade de efetivação de seus projetos de futuro?

Ana Izabela Sabino (UECE) e Leila Maria Passos de Souza Bezerra (UFC)

  • A condicionalidade do não-trabalho: a política de assistência face ao neoliberalismo

Ariadna Maria Monteiro Araújo (UECE), Angélica Maria Barbosa Silva Ceará (UECE) e Sara Rebeca da Mota Sales (UECE)

  • Os caminhos da política de assistência social: uma análise da implantação do suas  no município de Niterói

Luzia Helena Galaxe de Lima Tavares (UFF)

  • Programa bolsa família e Projeto Cururu: analisando os efeitos das condicionalidades desse programa para essas famílias

Carla Marília Pinheiro Pereira (UFF)

  • Sujeitos, atores e movimentos sociais – o papel dos conselhos de políticas públicas no cenário brasileiro

Bárbara Celeste Rolim (USS) e Josiene Karla Alves da Silva (UFF)

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta